logo estagiotrainee

Raciocínio lógico: o guia definitivo de como se preparar + lista com exercícios resolvidos

P.S.: Ideal para processos seletivos de grandes empresas, como Ambev, Unilever, Nestlé, etc... 

peças quebra-cabeça.png

Muitos têm o costume de dizer “isso não tem lógica”, mas poucos sabem que essa é uma ciência inerente no cotidiano de todos nós!

Alguma vez você já parou pra pensar que a lógica é uma companheira constante em nossas vidas? Pois é, quem estuda essa matéria tem a oportunidade de aprender métodos que ensinam como desenvolver a capacidade analítica acerca dos problemas, sendo capaz de propor estratégias assertivas no mundo corporativo ou até mesmo na vida.

Levando em conta que o teste de raciocínio lógico tem por objetivo verificar se o candidato a uma vaga de emprego é capaz de raciocinar de forma rápida e organizada, frente a uma situação de estresse, podemos entender que essa seja uma das ferramentas mais utilizadas pelas empresas para escolher quem tem a habilidade de encontrar soluções consistentes.

Sem dúvida, uma pessoa que tem um bom raciocínio lógico consegue ter melhor poder de persuasão e argumentação, sem falar que é capaz de ter um olhar crítico construtivo em um time de colaboradores, por exemplo.

É muito comum as pessoas terem em mente que testes de raciocínio lógico têm a ver somente com matemática. Na verdade, os cálculos de exatas estão em segundo plano em muitos processos seletivos, uma espécie de “pano de fundo”, já que a avaliação em si visa identificar capacidades de leitura, interpretação e raciocínio rápido, além das habilidades relacionadas a:

  • saber seguir com um procedimento;

  • saber utilizar um raciocínio com o auxílio da matemática;

  • saber estabelecer comparações;

  • saber tirar conclusões em diversos cenários corporativos e sociais.

Vale a pensa destacar que o alto nível de dificuldade em um teste de raciocínio lógico é muito comum. Por isso, se em um processo seletivo você achar que cometeu erros ou não sabia a prova inteira, não entre em desespero, afinal, é praticamente impossível gabaritar em um teste de lógica!

Tópicos da página:

✔️ Conceitos fundamentais de raciocínio lógico!

✔️ Tipos de raciocínio lógico:
 

- Raciocínio Dedutivo
- Raciocínio Indutivo:

✔️ Os 3 tipos (mais vistos) de testes de raciocínio lógico:
 

- Equivalência
- Sequência lógica
- Probabilidade


✔️ Ferramentas para desenvolver o raciocínio lógico no longo prazo

✔️ Dicas rápidas e práticas de como se preparar para um teste

✔️ 15 desafios de lógica para treinar + gabarito

✔️ 10 desafios com resolução por vídeo

raciocínio lógico

Conceitos fundamentais de raciocínio lógico!

Para se preparar para o teste, é preciso levar em conta que não basta apenas dominar os conceitos e regras básicas da lógica, mas também saber interpretar um texto.

Por conta disso, é pertinente destacar três conceitos fundamentais na hora de estudar para o teste de raciocínio lógico, que são:

 

1. Proposição – é a unidade de um raciocínio, está relacionada à afirmação de que alguma coisa é verdadeira.

Uma proposição não é uma frase, embora sejam utilizadas frases para exprimir proposições.

Por exemplo, a frase “compre um carro!” de forma alguma é classificada como uma proposição, uma vez que não tem valor de verdade, ou seja, não pode ser verdadeiro nem falso.

Agora, se eu disser “ele comprou um carro”, trata-se de uma proposição, em virtude de poder ser verdadeira ou falsa.


Resumindo, uma proposição é o conteúdo, verdadeiro ou falso, expresso por uma frase.

Muitas vezes uma proposição é sinalizada apenas por um símbolo.
Ao invés de eu dizer “ele comprou um carro“, utilizo apenas um símbolo, por exemplo “p“.

É bom se familiarizar como esses símbolos, pois estarão presentes nos testes de lógica.

No decorrer desse conteúdo você entenderá melhor.

Se você tem dúvidas sobre proposição e/ou quer se aprofundar mais, recomendamos esse vídeo da escola Aprova Concursos.

 

2. Argumento / Raciocínio – é concluir ou inferir uma coisa de outra coisa.

Utilizando o exemplo abaixo, no caso, são 2 proposições com o intuito de se provar uma terceira proposição, veja:

 

> Todos os homens são mortais.
> João é homem.
> Logo, João é mortal.

 

Perceba que existem 3 proposições, e a última proposição é a que estamos querendo provar.

3. Premissas e Conclusões – perceba que no exemplo acima existem 3 proposições, em que as 2 primeiras inferem e provam a terceira proposição. No caso, as 2 primeiras proposições são as premissas e a terceira proposição é a conclusão.

Premissa 1 > Todos os homens são mortais.

Premissa 2 > João é homem.
Conclusão > Logo, João é mortal.

estátua_homem_artesão.png

Tipos de raciocínio lógico!

Tanto para quem está a estudar a disciplina quanto para quem vai participar de algum teste de raciocínio lógico, é interessante ter em mente que algumas perguntas que caem na prova são praticamente idênticas.

Assim, se uma pessoa sabe como resolver um determinado tipo de problema, com certeza ela não terá nenhuma dificuldade em encontrar a solução de outras questões com estrutura semelhante.

E tal resultado só é possível para quem pratica os testes de raciocínio lógico. Uma vez que você começa a estudar, logo perceberá alguns dos principais tipos de avaliações acerca da disciplina, em que podemos destacar o dedutivo (ou inferência) e o indutivo.

Raciocínio Dedutivo:

Para entender essa parte é importante que você já tenha lido e entendido os conceitos fundamentais do raciocínio lógico, apresentados no tópico anterior.

O raciocínio dedutivo é aquele em que a conclusão segue-se das premissas numa estrutura específica, chamada de dedutiva (ou dedutivamente válida, que é o utilizado em testes de lógica e são os que importam pra gente).

Ou seja, num raciocínio em que todas as premissas são verdadeiras, a conclusão também deverá ser verdadeira. Em outras palavras, será impossível que a conclusão seja falsa.

Veja esse exemplo já utilizado acima:


> Todos os homens são mortais.
> João é homem.
> Logo, João é mortal.

Diz-se também, que nesse formato, parte-se do geral para chegar ao particular, no caso, utilizando premissas.

Raciocínio Indutivo:

Já com relação ao tipo de raciocínio indutivo, o contrário acontece: o pensamento parte de casos específicos para generalizá-lo e aplicá-lo em um cenário geral.

Trata-se de um raciocínio em que a observação do mundo através dos sentidos se faz necessária.

Vamos usar um exemplo real e curioso para explicar:

Até o século XVII, ninguém nunca tinha visto um cisne negro. Todos os cisnes observados até aquele momento eram brancos.

Por causa desse dado, as pessoas da época davam como verdadeira a seguinte conclusão: “Todos os cisnes são brancos.“

Explicitando o raciocínio, ele ficaria assim:

O cisne A é branco. 
O cisne B é branco. 
O cisne C é branco.

O cisne D é branco.
Logo, todos os cisne são brancos.

Curiosidade: No século XVII foi visto pela primeira vez um cisne negro na Austrália e essa conclusão mostrou-se falsa.

Três tipos de testes de raciocínio lógico!

Foco é uma das principais exigências em um teste de raciocínio lógico, além da capacidade de se manter calmo durante a prova. Outra coisa interessante é ter noção de cada tipo de teste que está a desenvolver no processo.

Todavia, os três tipos de testes de raciocínio lógico que mais caem em concursos e processos seletivos são: Equivalência, Sequência Lógica e Probabilidade.

Vejamos, então, cada uma deles!

teste_lógico_de_equivalência.png

Equivalência:

Talvez esse seja o mais importante e comum tipo de teste, trata-se de um assunto muito explorado em concursos público, por exemplo, e, por conta disso, vale a pena se debruçar em alguns exemplos.

Antes de mais nada, é interessante destacar que duas proposições são equivalentes quando dizem exatamente a mesma coisa, ou seja, quando são atribuídos a elas o mesmo significado.

A partir disso, é possível substituir uma proposição pela outra ou, então, notar que ambas possuem os mesmos valores de lógica.

O que podemos afirmar com isso tudo? Oras, significa que se uma proposição for verdadeira a outra também será. O inverso também se dará, ou seja, quando uma for falsa, a outra também será.

Vejamos:

  • Eu joguei a bola.

  • A bola foi jogada por mim.

Apesar de serem escritas de forma diferente, essas duas proposições contêm o mesmo significado. São equivalentes porque tanto uma quanto a outra dizem a mesma coisa.

Agora, confira o próximo exemplo um pouco mais complicado:

  • Se sou recifense, então sou pernambucano.

  • Se não sou pernambucano, então não sou recifense.

Essas duas proposições também são equivalentes, já que o processo de construção da segunda se dá a partir da primeira.

O macete aí é que você deve inverter a ordem das proposições e negar ambas.

É importante destacar que há algumas equivalências em que o estudante precisa ter a habilidade de resolvê-las sem o auxílio da TABELA-VERDADE que, basicamente, é utilizada nos estudos de lógica matemática, fazendo com que seja possível saber quando uma sentença é verdadeira ou falsa.

Sempre vão ser equivalentes as proposições que apresentam a mesma tabela-verdade, ou seja, que são expressas de um modo diferente, mas possuem o mesmo valor de verdade.

Confira um exemplo em um artigo do site InfoEscola, sobre o mesmo tema:

  • Se Brasília é a Capital do Brasil, então, Santiago é a Capital do Chile (p → q)

  • Se Santiago não é a capital do Chile, então, Brasília não é a Capital do Brasil.(¬q → ¬p)


Vamos utilizar símbolos para dizer a mesma coisa acima:

Brasília é a Capital do Brasil = p
Santiago é a Capital do Chile = q
Negação na proposição: ¬

p → q
¬q → ¬p

 

Vejamos as tabelas-verdade de ambas às proposições acima:

Condicional: p → q

tabela de verdade

Condicional: ¬q → ¬p

tabela de verdade 2

É possível verificar que as proposições possuem a mesma tabela-verdade. Portanto, são equivalentes.

P → Q <=> ¬Q → ¬P  (Representação da “equivalência lógica”)

Para um melhor entendimento, acompanhe outra questão destacada na mesma publicação:

  • “Se João estuda, então Marcela chora.”

Segundo a lógica, a negação dessa proposição é equivalente a:

  1. Se João não estuda então Marcela não chora.

  2. João não estuda ou Marcela não chora.

  3. João não estuda e Marcela não chora.

  4. João estuda e Marcela não chora.

  5. João estuda ou Marcela não chora.

Resposta: D. Uma negação mantém a primeira sentença (“Se João estuda”) e nega a segunda (“então Marcela chora”).

Sequência Lógica

A sequência lógica tem por finalidade a descoberta de um padrão para sequências, independente se estão relacionadas a objetos figuras, letras, pessoas ou números em geral.

Como trabalham a avaliação de características ligadas à personalidade, os testes de raciocínio em sequências lógicas são bem semelhantes a um exame psicotécnico. Na respectiva prova é verificado se há, pelo menos, três elementos que possam caracterizar a lógica de uma sequência.

No entanto, vale destacar que existem algumas séries que necessitam de mais elementos para uma definição completa da lógica. O importante é estar atento ao enunciado da questão.

Vejamos os exemplos logo abaixo:

  • Em um avião há 4 romanos e 1 inglês. Qual o nome da aeromoça?
     

  1. Maria

  2. Judite

  3. Letícia

  4. Ivone

  5. Luiza
     

Resposta: 4 em romanos é IV e 1 em inglês é ONE. Logo, se juntarmos os dois nomes, teremos: IVONE.

Caso você ainda tenha dúvidas e/ou queira se aprofundar ainda mais, sugerimos
esse vídeo do professor Luis Telles.

Probabilidade

A Lógica Probabilística trabalha a capacidade em lidar com a incerteza junto à capacidade de um Método Dedutivo voltado à exploração da estrutura.

Em geral, ela tenta encontrar se os resultados que definem os aspectos dessa estrutura são derivados através de expressões probabilísticas.

Trata-se de um tipo de teste de raciocínio lógico que possui muitas questões complexas, as quais lidam com uma ampla variedade de contextos relacionados a uma diversidade de propostas.

 

Um exemplo disso é pensarmos o seguinte:

  • Se uma formiga, um rato e uma cobra atravessam um deserto. Sabe-se que a probabilidade da cobra, do rato e da formiga conseguirem percorrer nesse deserto mais que 10 km são, respectivamente, 4/5, 3/5 e 3/4.  Ao considerarmos os eventos independentes, a probabilidade de somente o rato conseguir percorrer mais que 10 km é de:

  1. 3%

  2. 5%

  3. 7%

  4. 9%

  5. 12%

Resposta: A. As chances do rato conseguir atravessar são 3/5, sendo que as chances da cobra e da formiga não conseguirem são, respectivamente, 1/5 e 1/4.

A solução obtida, se refere à multiplicação dos três valores, que também podem ser expressos como 0.60 (ou 60%), 0.20 (20%) e 0.25 (25%). Ou seja, o resultado é 0.03, ou 3%.

jovem_realizando_teste_de_lógica.png

Como desenvolver o raciocínio lógico no longo prazo:

Para saber como se dar bem em um teste de raciocínio lógico é preciso praticar bastante e, quanto a isso, há na internet vários sites que disponibilizam simulados relacionados ao tema.

E por falar em preparo é pertinente destacar que há algumas etapas importantes, as quais proporcionam o aumento da capacidade de atenção dos candidatos e, o que é melhor, podem ser realizadas como lazer no dia a dia. Confira:

  • Atividades físicas – exercícios físicos também ajudam a cuidar da mente, pois são responsáveis pelo aumento do oxigênio no cérebro, prevenindo o estresse e demais doenças, além de aumentar a disposição do indivíduo ao longo do dia;
     

  • Sudoku – trata-se de um jogo que exercita muito a concentração, um vez que a regra é preencher as casas vazias com algarismos de 1 a 9, sem que os mesmos se repitam nas respectivas linhas, colunas e quadrados;
     

  • Xadrez – outro jogo que ajuda bastante na preparação de quem estuda ou vai se submeter a algum teste de raciocínio lógico. Basicamente, o xadrez é essencial quando o assunto é tomar decisões, análise de consequências, responsabilidade das ações, habilidade de antecipação e velocidade de pensamento.
     

  • Cubo Mágico – diversão de muita garotada e adultos, esse colorido quebra-cabeça tridimensional é um prato cheio para quem precisa melhorar o raciocínio matemático, memória e concentração. O objetivo do jogador é deixar as faces do cubo com uma única cor.
     

  • Leituras – sem dúvida, a leitura é uma aliada em tudo na vida! E no preparo para um teste de raciocínio lógico não seria diferente, pois ela é fundamental para quem deseja despertar a atenção aos detalhes.
     

  • Fazer contas de cabeça – nossa cultura ainda é muito dependente das calculadoras e isso meio que acaba deixando nosso cérebro “enferrujado”. O ideal, então, é procurar sempre fazer cálculos de cabeça, frente às questões cotidianas.
     

  • Aplicativos – esses são um dos principais aliados de quem está a estudar raciocínio lógico, pois ajudam no desenvolvimento de aspectos importantes da capacidade cerebral, uma vez que estimulam nossa mente a trabalhar. Há diversos no mercado, mas os aplicativos Fit Brains e Lumosity  são os mais acessados. Desenvolvidos por neurocientistas, ambos dispõem de centenas de jogos, fundamentais no treinamento da memória, velocidade de raciocínio, foco e resolução de problemas.

Dicas rápidas e práticas de como se preparar para um teste:

A cada ano, as empresas e instituições de ensino estão mais exigentes em seus processos seletivos, com avaliações ainda mais efetivas.

O mesmo cabe aos testes online que, para avaliar o conhecimento de forma ampla, contam com questões que abrangem tópicos voltados à planejamento estratégico, interpretação de texto e tomada de decisões.

Por isso, é muito importante saber como se preparar para um teste de raciocínio lógico, pois só assim, o candidato conseguirá se sair bem no processo seletivo.

Se você está prestes a participar de uma avaliação relacionada a essa matéria, a primeira coisa a ter em mente é saber pesquisar testes de raciocínio lógico.

Inclusive, vale destacar que há sites com diversos testes de raciocínio lógico.

Para que seu teste online seja um sucesso, não deixe de seguir algumas regras, tais como:

1- Antes de começar, verifique se a conexão da internet está ok;

2- Dê preferência a um local tranquilo sem ruídos;

3- Fique atento quanto ao tempo da prova;

4- Foco – evite distrações;

5- Mantenha sempre a calma.

Fazendo isso, você tem grande chances de se dar bem em seu teste de raciocínio lógico online!

Desafios de lógica + gabarito:

Desafios de Equivalência

1 - Qual das afirmações abaixo é a negação lógica da proposição “Todas as reclamações serão anotadas e nós tomaremos as providências necessárias”?

a) Todas as reclamações não serão anotadas e nós não tomaremos as providências necessárias.

b) Algumas reclamações não serão anotadas e nós não tomaremos as providências necessárias.

c) Algumas reclamações serão anotadas e nós não tomaremos as providências necessárias.

d) Todas as reclamações serão anotadas e nós não tomaremos as providências necessárias.

e) Algumas reclamações não serão anotadas ou nós não tomaremos as providências necessárias.

2 - A negação de “hoje é segunda-feira e amanhã não choverá” é...

a) hoje não é segunda-feira e amanhã não choverá

b) hoje não é segunda-feira ou amanhã choverá

c) hoje não é segunda-feira então amanhã choverá

d) hoje não é segunda-feira nem amanhã choverá

e) hoje é segunda-feira ou amanhã choverá

3 – De acordo com as duas afirmações abaixo, qual das opções é a correta?

I. Todas as cabras são aves.

II. Algumas tortas são cabras.

a) todas tortas são aves

b) nenhuma cabra é torta

c) cabras comem tortas

d) algumas tortas são aves

e) NDA

(Acesse aqui uma lista com +51 testes de raciocínio lógico + gabarito)

Desafios de Sequência Lógica


1 – Examinando o padrão da série: 33, 31, 27, 25, 21; que número virá a seguir?

a)  24

b)  19

c)  17

d)  16

e)  20

2 – Os números 2, 3, 4, 5, 8, 7, 16, 9,…, apresentam uma sequência lógica. Nessas condições, o décimo primeiro termo da sequência é:

a) 64

b) 11

c) 13

d) 128                                                             

 

3 – A palavra que completa o grupo formado por maçã, mamão, manga, maracujá, melancia é:

a) Jabuticaba

b) Ameixa

c) Melão

d) Abacate

e) Pêssego

(Acesse aqui uma lista com +51 testes de raciocínio lógico + gabarito)

Desafios de Probabilidade

1 – Uma moeda é lançada 3 vezes. Qual é a probabilidade de observarmos, no máximo, uma cara?

a) 1/64

b) 1/16

c) 1/8

d) 1/4

e) ½

2 – Em um estacionamento vazio existem 40 vagas numeradas de 1 a 40. Qual é a probabilidade do primeiro motorista que chegar estacionar numa vaga par ou de número maior que 10?

a) 35/40

b) 30/40

c) 25/40

d) 20/40

e) 15/40

3 – Ao retornarem de avião à sua cidade, 100 pessoas foram infectadas por um vírus contagioso exatamente na hora que desembarcaram na cidade. Anteriormente a esse episódio de contágio, esse vírus não existia na cidade, e sabe-se que ele é transmitido em 50% das vezes que duas pessoas trocam apertos de mão. Entretanto, o contágio só pode ocorrer entre o momento de contágio e 24 horas após esse momento. Considerando que as informações do texto estão corretas e que, em média, as pessoas na referida cidade trocam apertos de mão, em média, 3 vezes por dia, é correto concluir que:

 a) há uma grande probabilidade de que o número de contaminados na cidade diminua nos próximos dias.

 b) há uma grande probabilidade de que o número de contaminados permaneça inalterado nos próximos dias.

 c) há uma grande probabilidade de que o número de contaminados na cidade aumente nos próximos dias.

 d) campanhas para diminuir o número médio de apertos de mão na cidade para meio por dia não seriam efetivas para fazer que o número de infectados caia nos próximos dias.

 e) se o tempo de contágio do vírus fosse de 20 horas em vez de 24 horas, não deverá haver o aumento de contágio nos próximos dias.

Abaixo está o gabarito das questões de raciocínio lógico acima:

Desafios de Equivalência
Questão 01 - letra (E).
Questão 02 - letra (B).
Questão 03 - letra (D).

Desafios de Sequência Lógica
Questão 01 - letra (B).
Questão 02 - letra (A).
Questão 03 - letra (C).

Desafios de Probabilidade
Questão 01 - letra (E).
Questão 02 - letra (A).
Questão 03 - letra (C).

(Acesse aqui uma lista com + 51 testes de raciocínio lógico + gabarito)

Qualquer dúvida estamos à disposição!

Entre em contato com os endereços disponíveis no rodapé dessa página que nossa equipe irá te responder o mais rápido possível.

E boa sorte no próximo teste de lógica!

Criado por EstágioTrainee.com - 2022 | Todos os direitos reservados

Termos de uso | Política de privacidade

CNPJ: 43.137.321/0001-45 | Telefone: (11) 9 4380-4014 | E-mail: contato@estagiotrainee.com
Rua Argeu Maurício de Oliveira, 410, Jardim Paraíso, Botucatu/SP | CEP: 18610-261