top of page
logo_estagiotrainee_branco_baixa.png

Carta de Apresentação para emprego: Modelos para baixar gratuitamente + guia para preencher

Abaixo selecionamos os 3 melhores modelos de carta de apresentação para você baixar e editar com suas informações. Cada modelo é ideal para um tipo diferente de vaga.

modelo de carta de apresentação

Modelo de Carta de apresentação genérica, que pode ser utilizada para a maior parte das vagas: Clique aqui para baixar.

Modelo. deCarta Apresentação Primeiro Emprego

Modelo de carta para Estágio/primeiro emprego: Clique aqui para baixar.

Modelo de Carta de Apresentação Jovem Aprendiz

Modelo de carta para jovem Aprendiz: Clique aqui para baixar.

O que é Carta de Apresentação?

Na procura por uma vaga de emprego, muitas vezes as empresas exigem que uma carta de apresentação seja enviada junto ao currículo.

Trata-se de um documento a parte do CV que os recrutadores pedem para poder conhecer mais detalhadamente o perfil do candidato e avaliar se encaixa dentro das funções exigidas pela vaga.

Obs: Também temos um artigo com os melhores modelos de currículo + passo a passo, caso você precise.

Como escrever uma carta de apresentação:

A carta de apresentação não é um resumo do seu currículo, mas sim, um complemento dele. Trata-se de uma oportunidade de você escrever através de um texto ou tópicos outros valores profissionais que não teriam como ser inseridos no currículo.

A carta de apresentação pode tanto ser um documento anexado no e-mail, como ser escrito no corpo dele. Por isso, é importante ser sucinto e objetivo, escrevendo o que precisa em no máximo três a quatro parágrafos.

 

Para começar, escreva “Prezado, ...” caso saiba o nome da pessoa a qual vai direcionar o currículo ou coloque apenas “Prezados,”.

O primeiro parágrafo deve conter informações como há quanto tempo atua no ramo em que está se candidatando e suas principais qualidades como profissional.

O segundo parágrafo pode ser resumido com experiências interessantes que acrescentem para o seu currículo, como uma viagem para fora a trabalho, idiomas, cases profissionais e vivências que podem ser o diferencial.

Caso você tenha sido indicado por algum colaborador da empresa, pode citar o nome da pessoa na carta de apresentação, pois você já se candidata à vaga sendo referenciado por alguém que atua na empresa.

A linguagem é sempre culta, porém de fácil entendimento. E não deixe de fazer uma revisão no texto antes de enviar para o recrutador.

E, há apenas um modelo de carta de apresentação?

Não. O documento pode ser redigido em vários tipos de cartas, porém, o objetivo dele é sempre o mesmo. Tanto que as cartas de apresentação independem de cargos - um jovem aprendiz, por exemplo, pode enviar uma carta de apresentação.

Abaixo estão os tópicos essenciais que devem estar na sua carta:

  • Destinatário | Aos Cuidados de;
     

  • Abertura | cumprimento;
     

  • Parágrafo de apresentação: descreva o porquê está se candidatando para a vaga baseado na sua experiência profissional.
     

  • Segundo parágrafo: caso tenha sido indicação, já aborde neste parágrafo o nome da pessoa que trabalha na empresa e a função dela. Aqui você pode completar falando sobre idiomas que fala ou cursos que fez ou está fazendo, mas que sejam relevantes para a função.
     

  • Demais parágrafos: a partir daqui, descreva de forma objetiva vivências profissionais que acrescentem e impressione o recrutador, algo que seja realmente o diferencial. Por exemplo, uma imersão na área, viagens de trabalho, participação em congressos de renome internacional, cases de sucesso, programa de voluntariado, projetos sociais, entre outros.
     

  • Fechamento: deve conter um agradecimento pela oportunidade de poder apresentar a sua experiência e colocar-se à disposição para esclarecimentos de dúvidas.
     

  • Assinatura: seu nome completo e, caso ache necessário, o e-mail para contato e celular.


Algumas dicas rápidas para você se diferenciar em sua carta de apresentação:

  • Procure personalizá-la, direcione-a para a pessoa responsável pelo RH;
     

  • Dê um tom pessoal à linguagem sem deixar de ser formal, é como se você já se sentisse parte da empresa;
     

  • Pesquise sobre a empresa, como ela se posiciona no mercado, como está a área de atuação dela e coloque em sua carta as qualidades que realmente se encaixem com o perfil da vaga.

O que é uma carta de referência do último emprego?

É importante saber que uma carta de apresentação NÃO é uma carta de referência profissional, muito cuidado para não confundir e enviar o documento errado na hora de se candidatar à vaga de emprego.

A principal diferença entre as duas é que a carta de referência do último emprego é feita pelo empregador e não por quem está à procura de um emprego. Sua função é atestar que a pessoa foi sua empregada e indicá-la para outras empresas, afirmando sua competência para tal cargo.

Nela pode conter informações como as atividades que ela desempenhava à frente de determinado cargo, exaltar suas qualidades profissionais e indicá-la como uma boa referência para outras empresas.

escrevendo uma carta de apresentação no notebook

Imagem de StartupStockPhotos por Pixabay

Como e onde usar a carta de referência de último emprego?

Geralmente, ao sair de uma empresa, seja pela dispensa por parte da companhia ou pedido de demissão, o empregador leva consigo, além da baixa na carteira e outros documentos, uma carta de referência do último emprego assinada por esta empresa.

Este documento poderá ser apresentado para as futuras corporações na qual o empregador esteja pleiteando uma vaga ou mesmo para instituições públicas ou órgãos que exijam uma carta de referência de último emprego. Isso acontece em cargos públicos, por exemplo.

Entretanto, vale lembrar que a carta de referência de último emprego só deve ser apresentada ao recrutador no caso dele pedir. Caso contrário, não há a necessidade deste documento estar junto ao currículo e à carta de apresentação.

É mais comum as empresas pedirem a carta de apresentação do que a carta de referência do último emprego. Até por uma questão de que a carta complementa o seu currículo e as suas potencialidades como profissional.

Veja como é um modelo de carta de referência do último emprego de uma empresa jurídica para não se equivocar na hora de mandar o seu currículo:

Declaramos para os devidos fins, que o Sr. (a) XXXXXXXXXXX, inscrito(a) sob o CPF n° XXX.XXX.XXX-XX, portador da CTPS XXXXXXXXX, foi nosso colaborador entre os períodos de XX/XX/XX a XX/XX/XX, exercendo a função XXXXX como seu último cargo dentro de nossa empresa, não constando em nossos arquivos nada que desabone sua conduta profissional. Atestamos que está apto (a) para desempenhar uma nova função em outra empresa.

 

Local, __ de __________ de ______.

_______________________________________

Assinatura da empresa

Além desse modelo padrão, caso você tenha um bom relacionamento com o seu último emprego e gostaria de enviar uma carta de referência mais elaborada, você pode conversar com o RH da antiga empresa e fazer a sua solicitação.

O canal RH Selecionadoz traz um vídeo bem explicativo de como e onde você pode usar a carta de referência profissional. Acompanhe!

Carta de apresentação para primeiro emprego:

Aí você se depara com a seguinte situação: você acabou de tirar a sua carteira profissional, não tem nenhuma experiência e está pleiteando a sua primeira oportunidade no mercado de trabalho ou estágio. E agora?

Você também pode, sim, produzir a sua carta de apresentação. Afinal, mesmo não tendo vivência de mercado, tem qualidades como pessoa que podem ser desenvolvidas e potencializadas dentro de uma empresa.

Para quem está à procura do primeiro emprego, lembre-se de que nesta carta deve constar em poucas palavras os seus conhecimentos, cursos que tenha realizado na adolescência, intercâmbio e até mesmo projetos de voluntariado que participe.

Diferentemente de quem está à procura de uma primeira oportunidade, podendo ser um estágio, por exemplo, o jovem aprendiz é um recurso recente que as empresas utilizam para dar oportunidade, por tempo determinado, para jovens em busca de uma vaga de emprego.

Seu desempenho e conquista da vaga também dependem, principalmente, da sua evolução escolar e boas notas.

Além disso, o Jovem Aprendiz tem uma carga horária menor e pode desempenhar apenas algumas funções específicas, sempre sob a supervisão de um profissional experiente. Neste caso, a carta de apresentação de um Jovem Aprendiz tem algumas diferenças:

  • Informações claras e concisas;
     

  • Desempenho escolar e projeções futuras;
     

  • Qualidades pessoais que contribuam com a empresa.

recrutadores analisando carta de apresentação

Imagem de Malachi Witt por Pixabay

Bônus | 3 dicas extras para ajudar na sua carreira!

1. Não escorregue no português!

De nada adianta todas as dicas sobre como escrever uma boa carta de apresentação se na hora de redigi-la você dá aquela escorregada no português.

Este também é um dos primeiros pontos de avaliação e critério para uma entrevista de emprego. Com certeza, o recrutador estará com o alerta ligado para ver se a carta foi bem escrita, se as frases estão com coesão e coerência e, principalmente, se a ortografia está correta.

Não há nada mais deselegante em uma carta de apresentação quando ela está mal escrita ou com um erro grotesco na grafia de uma palavra.

Atente-se a esses detalhes, escreva, leia, releia, revise e, se for o caso, peça para alguém também revisar. Afinal de contas, é o seu futuro profissional que está em jogo.

2. Invista em conhecimento!


Mas, para ter uma carreira de sucesso não basta somente caprichar na organização de seu currículo ou na carta de apresentação, é muito importante pensar no processo seletivo como um todo e também na sua carreira no longo prazo.

Você precisa entender como ter bom desempenho em todas as etapas, entender como se posicionar estrategicamente, saber como não cometer os erros básicos para conseguir a aprovação.

 

E para ter sucesso no longo prazo, invista em cursos, workshops e feiras sempre que possível, pois isso será um diferencial no seu currículo e na sua carreira.

Dois caminhos que você pode ter no radar para ir se desenvolvendo são de habilidades comportamentais (Soft skills) e habilidades técnicas (Hard Skills).

Exemplos de Soft Skills: Inteligência emocional, resiliência, capacidade de trabalhar sob pressão, comunicação, confiança, etc...

Exemplos de Hard Skills: Inglês, Excel, gestão de pessoas, espanhol, domínio de Javascript, AutoCad, Power BI, gestão de projetos, Pacote Office, marketing digital, oratória, Python, etc.


Hoje a internet dispõe de diversos cursos online gratuitos ou com valor acessível que podem ajudar a dar um “plus” na sua carreira profissional e, de quebra, tornar-se um diferencial frente aos demais candidatos.

O interessante é que você participa desses cursos de acordo com o seu tempo disponível, dado que pode acessá-los a qualquer hora.

E no final, você ainda ganha um certificado comprovando a sua participação que pode ser usado para abater horas extracurriculares na faculdade.

3. Mantenha-se atualizado!

Vale sempre ressaltar que manter-se atualizado em todos os sentidos, tanto no português, como no que está acontecendo com o mundo te coloca à frente na candidatura.

Hoje as empresas buscam pessoas proativas e que tem um conhecimento macro de mundo, que saiba lidar com as situações e que seja antenado com o que está acontecendo, pois a informação está presente em todos os momentos e em todos os lugares em questão de segundos.

Por exemplo, se você é da área de negócios deveria acompanhar o portal Administradores.com, se você é da área de marketing digital deveria acompanhar o portal Pixeld News.

Agora é sua hora de colocar a mão na massa e redigir a sua carta de apresentação. Hora de você “se vender”, mostrar o que há de melhor em você e em como a sua experiência e competência pode fazer a diferença nos resultados da empresa.

Sobre o autor:

✔️ Conteúdo elaborado pela equipe da empresa EstágioTrainee.com

Desde 2023 ajudamos grandes empresas na contratação de estagiários e trainees. ​

Ao longo do tempo fomos entendendo o mercado e modelando nosso negócio. Hoje trabalhamos com as maiores empresas do Brasil e do mundo.

Algumas das empresas as quais já realizamos projetos são: Unilever, Raízen, Stone, Votorantim, Red Bull, Kraft Heinz, Volkswagen, Localiza, Azul Linhas Aéreas, Saint-Gobain, Johnson & Johnson, Samsung, Vivo, além de dezenas e dezenas de outras.

Caso tenha alguma dúvida ou sugestão de melhoria, entre em contato com nossa equipe por aqui, ou por nosso e-mail institucional: contato@estagiotrainee.com

Ficamos à disposição!

Criado por EstágioTrainee.com | Todos os direitos reservados

Termos de uso | Política de privacidade

CNPJ: 43.137.321/0001-45 | E-mail: contato@estagiotrainee.com
Avenida Paulista, 1636 - sala 1504 - Bela Vista - São Paulo/SP | CEP:  01310-200

bottom of page