Modelo de CV para baixar e preencher
+ MiniCurso gratuito com passo a passo para fazer um currículo perfeito 
+ 6 dicas simples e poderosas

( Clique aqui p/ baixar o Modelo de Currículo) 

Mais de 33 mil pessoas já baixaram esse Modelo de CV! 😎

 

Estrutura básica para um Currículo simples e poderoso:

 

O modelo de Currículo abaixo tem uma estrutura bastante simples mas também muito poderosa, capaz de suprir a demanda de informações necessárias para o momento de análise de CV e também adequado para ousarmos nas informações com objetivo de impressionar o recrutador.

Modelo de Currículo
 

Dica 1. Entenda o que é um Currículo!

 
De forma bastante objetiva e resumida, quando estamos falando do seu currículo estamos falando de um documento que visa convencer um recrutador que você é a pessoa certa para ocupar determinada vaga.

As informações fornecidas nele vão mostrar quais caminhos você trilhou até o momento, o que sabe fazer e como pode contribuir com a empresa.

É importante entender que o currículo é seu primeiro contato com o recrutador, a ideia nele é fazer com que o profissional de RH se interesse pelo seu perfil profissional e queira te conhecer melhor, através de uma entrevista de emprego, por exemplo.

Indo mais fundo na reflexão... 

Mas, por que uma empresa contrata alguém?

Parece uma pergunta boba, mas é bem possível que você nunca tenha parado para pensar nisso. Qual o real motivo para uma empresa abrir determinada vaga de trabalho?

Quando uma empresa está contratando alguém, é porque aquele departamento necessita de uma pessoa com determinadas competências para agilizar os processos e melhorar o fluxo dos negócios. Com isso a empresa vai conseguir de alguma forma gerar mais valor para seus clientes e assim vender mais e no final de tudo, lucrar mais.

 

Para ter um entendimento mais profundo sobre esse processo te recomendamos esse podcast do Flávio Augusto, fundador do projeto Geração de Valor, escola de inglês Wise Up e outras empresas(o assunto começar a ser abordado a partir dos 6 minutos).

Por isso, toda vez que você for participar de um processo seletivo, reflita qual vai ser o seu papel no processo como um todo e tente pensar sobre sua capacidade de tornar o trabalho produtivo e rentável para a companhia que vai te contratar.

E onde entra o currículo nesse processo todo?

O currículo visa cumprir o papel de fazer o primeiro contato entre o candidato e a empresa no sentido de que atesta a capacidade do interessado em exercer a função no qual está sendo avaliado.

Uma perspectiva interessante para entender esse processo é perceber que o candidato à vaga está, de certa forma, vendendo um produto, e esse produto é o seu potencial de contribuição para a empresa.

O currículo é o documento que vai reunir esses argumentos e convencer o recrutador de que essa pessoa está apta a ocupar determinada vaga, pois tem as competências ideais para àquela vaga e com isso conseguirá contribuir com a empresa, fazendo ela gerar mais valor à sociedade e consequentemente fazendo ela lucrar mais.

 

Dica 2. Atenção para três regras básicas!

 

Para construir um bom currículo é preciso ficar muito ligado em três regras básicas:

1ª: Verdade

Evite acrescentar competências e qualificações que você não domina. Por outro lado, não deixe de falar de seus talentos e qualidades que, de certa forma, podem diferenciá-lo de outras pessoas.
 

Não minta sobre as informações que estão no seu currículo, pois elas podem ser checadas pela empresa, solicitando certificado de cursos, formações ou até mesmo dos cargos que você ocupou na empresa!

2ª: Simplicidade

Tente ser o mais simples possível, pois a pessoa que irá examinar seu currículo provavelmente tem uma enorme carga diária de avaliação e, com certeza, ela não vai perder tempo tentando entender um material complexo.

3ª: Eficiência

Este terceiro atributo iremos explicar melhor na Dica 3, mas basicamente tem a ver com objetividade e coerência.

Ou seja, seu currículo tem que ser direto e mostrar se a vaga tem a ver com você. Isto vai despertar interesse do RH que irá te chamar para uma entrevista, com o propósito de entender se as suas competências realmente são compatíveis com a vaga de emprego, se há alguma chance da empresa te contratar.

 

Dica 3. Todo currículo tem que ser direto!

Lembre-se: o currículo é o seu cartão de visitas e nele deve conter todas as informações necessárias para que a empresa conheça e se interesse pela sua trajetória pessoal.

Evite escrever textos longos e muitas páginas com detalhes que não sejam realmente relevantes para a vaga que está concorrendo.

Imagine que o recrutador receba por dia dezenas de currículos para a mesma função. O seu tem que se destacar dos demais e não será a quantidade de texto que chamará a atenção.

Seja objetivo e escreva com clareza todas as suas experiências profissionais de forma que o responsável pelo RH veja a necessidade do seu trabalho.

O currículo é apenas a primeira etapa do processo seletivo e, a partir dele, é que você será chamado para a primeira entrevista de emprego e, assim, poderá entrar em detalhes sobre todos os seus feitos profissionais.

Confira algumas dicas de como construir um bom currículo com o vídeo abaixo:

 

Dica 4. Organize as informações.

 

Esse ponto é fundamental para a construção do seu currículo e ele está ligado às três ideias básicas que falamos acima...

Quer dizer, o recrutador precisa abrir o documento e entender em poucos minutos o que você já vivenciou em sua vida profissional.

Por isso, a dica é sempre optar por estruturas em blocos, fontes padrão como Arial e Verdana, tamanho próprio para leitura, espaçamento entre as linhas, bem como os parágrafos.

Também, é preciso colocar as experiências profissionais sempre começando pelo atual e descrevendo abaixo os empregos anteriores.

No caso de uma vaga que você precise mostrar o seu portfólio de trabalho, insira o link para a página do site onde hospeda esse arquivo ou anexe o documento junto ao e-mail.

No caso desta segunda opção, exporte em PDF e verifique se o documento não ficará pesado para ser enviado.

Muitas caixas de e-mail de empresas impedem o envio de arquivos muito grandes ou simplesmente os recebem como Spam e Lixo Eletrônico. Você não vai querer que aconteça isso com você, não é mesmo?

 

Dica 5. Atenção aos erros de português!

 

Sim! E erros podem acontecer com qualquer pessoa. Mas no caso de um documento tão importante como o currículo, que mostra a primeira impressão sobre você na vida profissional, erros gramaticais são imperdoáveis.

Por isso, a revisão é fundamental e faz parte do processo de produção do seu currículo.

Se possível, faça uma revisão criteriosa e peça para uma outra pessoa que olhe o texto também. A chance de erros diminuem drasticamente.

Além disso, rever o texto também significa ficar atento às repetições. Muitas vezes, quando não temos experiências profissionais para escrever, o currículo gira em torno de um mesmo ponto e isso não é legal.

Lembre-se sempre que a objetividade e veracidade das informações são o ponto chave para escrever o seu currículo.

Outra dica legal, é utilizar alguns recursos da web para verificar se o seu texto está com problemas na gramática.

Muitos sites disponibilizam um serviço de correção online gratuito, apontando os erros de português, trechos copiados de textos de outras pessoas e quando a concordância da frase não está legal.

Explore todos os recursos para que seu currículo saia perfeito e pronto para você garantir aquela tão sonhada entrevista de emprego.

Confira no vídeo abaixo outros erros para evitar no seu currículo:

 

Dica 6. Foque no que realmente é importante!

Sem rodeios, literalmente. Vale lembrar mais uma vez que dezenas de currículos chegam à  caixa de e-mail do recrutador e o profissional de RH não terá muito tempo para avaliar minuciosamente tópico por tópico.

Ele tem que bater o olho em uma primeira leitura e entender que era você que faltava para preencher o quadro de colaboradores. E para saber se está exagerando no seu currículo, siga sempre essas duas regrinhas básicas:

1ª Regra: Qual a vaga que está concorrendo?

Analise todas as condições que a empresa está oferecendo e, principalmente, quais as atribuições ligadas a essa vaga.

2ª Regra: Suas aptidões realmente correspondem com a vaga?

Faça essa análise sobre a vaga que está concorrendo e já pense em como você poderia melhorar este setor da empresa a partir da sua força de trabalho.

Evite colocar alguma competência profissional ou informação referente a “cursos complementares” que não tenham absolutamente nada a ver com o perfil da vaga que se candidatou. Deixe esses comentários para a hora da entrevista de emprego.

Tudo isso revela o seu o cuidado na hora de inserir as informações, de forma honesta e obedecendo as regras... E o que é melhor, já pensando nas vagas que quer se candidatar.

 

Modelo de currículo para baixar e preencher + MiniCurso gratuito:

 

Separamos um modelo de currículo para você fazer o download e preencher com seus dados.

Você também terá acesso gratuitamente ao MiniCurso Como fazer um currículo perfeito, com o passo a passo para você seguir e preencher seu documento de forma perfeita, evitando os erros que fariam seu CV ser descartado na hora! 😉

 

Dica Extra | O que fazer se não tenho experiência profissional?

Esse é o questionamento da maioria dos jovens que estão começando a vida adulta, seja com a formação no ensino médio, ingresso na universidade ou à procura de um Estágio ou programa de Trainee relacionado à área de formação.

Mesmo que não tenha experiência profissional comprovada ou esteja à procura de um primeiro emprego, você pode deixar seu currículo atrativo descrevendo exatamente as experiências que já teve na vida escolar e social.

Como assim?

Durante a sua vida escolar, se você foi uma pessoa envolvida com algum trabalho extra em português, por exemplo, ou participou de atividades extracurriculares, como organizar um evento, promover uma campanha ou ainda esteve envolvido com esportes, isso mostra muito da sua personalidade e o que você pode ter como aptidão.

Colocar no seu currículo experiências como intercâmbio, voluntariado e cursos em teatro, informática, desenho, pintura, idiomas, robótica e Kumon também enriquecem o documento!

E fazendo isso, também irá mostrar que o seu interesse pelo novo vai além da vida escolar ou de um Universitário.

Mas, lembre-se: tenha sempre o bom senso de que essas vivências tenham alguma conexão com o perfil da vaga que deseja.

Além disso, é muito importante saber apresentar essas vivências de forma profissional, se não, ao invés de sair na frente dos outros candidatos você vai é ficar muito para atrás.

Mesmo porque, o que mais pega mal por aí, são aqueles currículos repletos de conteúdos irrelevantes, que denunciam que foram ali escritos muito mais para “encher linguiça” do que propriamente informar quanto às suas experiências.

 

Dica Extra | Indo além do seu currículo!


1. Invista em conhecimento!

 

Mas, para ter uma carreira de sucesso não basta somente caprichar na organização de seu currículo, é muito importante pensar no longo prazo.

Assim, invista em cursos, workshops e feiras sempre que possível, pois isso será um diferencial no seu currículo e na sua carreira.

Principalmente, invista no seu autoconhecimento, pois isso será um grande benefício tanto para os processos seletivos que você participar quanto para sua vida como um todo.

 

Hoje a internet dispõe de diversos cursos gratuitos ou com valor acessível que podem ajudar a dar um “plus” na sua carreira profissional e, de quebra, tornar-se um diferencial frente aos demais candidatos.

 

O interessante é que você participa desses cursos de acordo com o seu tempo disponível, dado que pode acessá-los a qualquer hora.

 

E no final, você ainda ganha um certificado comprovando a sua participação que pode ser usado para abater horas extracurriculares na faculdade.

​Dá uma olhada nesse vídeo:

Para conhecer o Super Carreiras Club, clique aqui.

2. Fique de olho nas oportunidades!

Esteja sempre preparado para as oportunidades! Fique atento  sobre o que acontece no mundo e, principalmente, aos avanços do setor em que você trabalha.

Surpreenda na hora da entrevista com todo o seu conhecimento e interesse na área em que for atuar.

Mas lembre-se, dependendo da vaga que está concorrendo, selecione os cursos e aperfeiçoamentos que tenham ligação com o que está procurando, afinal, ser objetivo e coerente é fundamental!

3. Inscreva-se em canais específicos de emprego:

 

Com o grande alcance da Internet, invista em canais de comunicação especializados em divulgação de vagas e relacionamento profissional.

Hoje os Headhunters, profissionais qualificados na busca de talentos profissionais, estão em todos esses meios.

Nessas redes(Linkedin, por exemplo) você pode interagir com a página de outras empresas, entrar em contato com o RH e até inscrever seu currículo online.

Coloque em prática as nossas dicas, amplie seu círculo de amizades profissionais.

E não se esqueça que o EstágioTrainee.com organiza os principais processos seletivos de Estágio e Trainee.

Boa sorte! :)

-

Tem mais dicas, dúvidas ou algum comentário? Escreva abaixo! 

Fale com a gente | Divulgue um processo seletivo Facebook | Linkedin
 

Criado por EstágioTrainee.com - 2020 | Todos os direitos reservados